E-Procurement na Manutan: Conceito e Vantagens
Video

Partilhar:

As transações digitais são um fenómeno em rápido crescimento. Quer sejam utilizadas para aceder a uma gama de produtos através de um catálogo eletrónico ou de um sistema de Punch-Out, encomendar produtos ou enviar uma fatura, as tecnologias digitais permitem atualmente às empresas melhorar a sua eficiência e poupar custos significativos. A Manutan apresenta-lhe a sua visão de e-procurement através de um vídeo explicativo.

Este vídeo apresenta os conceitos básicos do e-procurement e o modo como funciona o processo. O processo de procure-to-pay divide-se em três fases principais, conforme descrito a seguir.

1. Os clientes procuram os produtos que desejam comprar utilizando:

  • Um sistema Punch-Out disponível sob a forma de hiperligação no sítio web do fornecedor.
  • Um catálogo eletrónico feito à medida, descarregado no sistema do departamento de compras do cliente.
  • Ferramentas exclusivas, como o All4You, um sistema desenvolvido pela Manutan para os clientes que não possuam um ERP ou um módulo de e-procurement no seu sistema de informação.

2. Uma vez aprovado o pedido de compra, a encomenda é enviada ao fornecedor através:

  • dos canais tradicionais, incluindo correio postal, e-mail ou fax.
  • de um sistema EDI (Intercâmbio Eletrónico de Dados) com ligação direta ou solução P2P.

3. Os produtos encomendados são então preparados e enviados ao cliente. Por último, chega a fase de faturação. As faturas são disponibilizadas em três formatos diferentes:

  • Faturas em papel.
  • Faturas eletrónicas (papel + EDI).
  • Faturação eletrónica certificada pelas autoridades fiscais (EDI, PDF assinado, PDF não assinado ou terceiro de confiança).

White paper

Racionalize o seu portfólio de fornecedores

A Nossa Newsletter

Fique a par de todas as novidades