Covid-19: Que Precauções as Empresas e Trabalhadores Devem Ter?

Covid-19: Que Precauções as Empresas e Trabalhadores Devem Ter?
Partilhar:

A evolução do Covid-19 em Portugal torna fundamental que os trabalhadores tenham cuidados higiénicos redobrados nos seus locais de trabalho. É igualmente importante que os empregadores saibam como lidar com este cenário, quer em termos da mensagem que é passada aos funcionários da empresa, bem como em situações onde existe uma suspeita de infeção de um colaborador. Este artigo tem como objetivo aconselhar todos seguir as melhores práticas para a prevenção do vírus nos seus locais de trabalho e também no seu dia-a-dia, sendo que, a todo o momento, qualquer dúvida deve ser esclarecida através da informação prestada pela Direção-Geral da Saúde.

 

Como Pode a Higiene Ser Melhorada no Local de Trabalho?

De forma a prevenir os riscos de contágio, a higiene pode ser melhorada nos locais de trabalho seguindo quatro etapas:

  • Introduzir uma política de higiene. Esta política deve explicar claramente as ações que cada colaborador deve tomar; também deve indicar quais os produtos de higiene que a empresa está disposta a fornecer aos funcionários.

  • Limpeza regular. Simplesmente, a limpeza regular – das casas de banho, das estações de trabalho, e do escritório em si – é uma das maneiras mais eficazes de prevenir que os vírus se possam propagar. Tenha em atenção a limpeza recorrente de materiais como teclados, canetas, telemóveis.

  • Forneça produtos de higiene pessoal aos funcionários. Incentive os colaboradores a manter o seu espaço limpo, fornecendo produtos de higiene . Por exemplo, distribuidores de toalhetes, desinfetantes de mãos, sabão, caixas de lenços de papel e panos limpos.

  • Comunicação interna. Lembre os funcionários da importância da higiene pessoal regularmente. Deixe-os saber o quanto isso significa para o seu negócio. Além disso, é uma boa prática liderar pelo exemplo.

Estratégias Para os Empregadores 

Incentive ativamente os funcionários doentes a ficar em casa, seguindo estes conselhos:

  • O teletrabalho é definido no Código do Trabalho como a “prestação laboral realizada com subordinação jurídica, habitualmente fora da empresa e através do recurso a tecnologias de informação e comunicação”. Por outras palavras, consiste numa forma de trabalho à distância, que é normalmente facilitada pelo recurso à tecnologiaTal dever ser permitido, diz a lei, sempre que a atividade desempenhada seja compatível com este regime.
  • Recomenda-se que os funcionários que apresentem sintomas de doença respiratória aguda fiquem em casa e não compareçam ao trabalho até estarem livres de febre (37,8 °C usando um termómetro oral), sinais de febre e outros sintomas por pelo menos 24 horas, sem o uso de medicamentos para redução da febre ou outros medicamentos que alteram os sintomas (por exemplo, supressores da tosse). Os funcionários devem notificar o seu supervisor e ficar em casa se estiverem doentes.
  • Garanta que as suas políticas de licença médica são flexíveis e consistentes com as diretrizes de saúde pública e que os funcionários estão cientes dessas políticas.
  • Converse com empresas que fornecem à sua empresa funcionários contratados ou temporários sobre a importância dos funcionários doentes ficarem em casa e incentive-os a desenvolver políticas de licença não punitiva.
  • Não exija uma nota do profissional de saúde para que os funcionários com doença respiratória aguda validem sua doença ou retornem ao trabalho, pois os escritórios e instalações médicas do profissional de saúde podem estar extremamente ocupados e não conseguirem fornecer essa documentação em tempo hábil.
  • Os empregadores devem manter políticas flexíveis que permitam que os funcionários fiquem em casa para cuidar de um membro da família doente. Os empregadores devem estar cientes de que mais funcionários podem precisar ficar em casa para cuidar de crianças doentes ou de outros membros da família. 

Funcionários doentes separados:

  • O CDC [1] recomenda que os funcionários que parecem ter sintomas agudos de doenças respiratórias (tosse, falta de ar) ao chegar ao trabalho ou adoecer durante o dia sejam separados dos outros funcionários e enviados para casa imediatamente. Os funcionários doentes devem cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel ao tossir ou espirrar (ou um cotovelo ou ombro, se não houver tecido disponível).

Formas de Prevenir a Contração do Vírus

Dado o que é sabido atualmente sobre o Coronavírus, é uma prática recomendada implementar o seguinte:

Lave bem as mãos

  • Use água e sabão
  • Esfregue o sabão em todas as partes das mãos por pelo menos 20 segundos
  • Enxague
  • Seque as mãos com uma toalha de papel

Tossir ou espirrar moderadamente

  • Cubra a boca com um lenço de papel ou
  • Tussa na manga ou no cotovel
  • Não tussa para as suas mãos

Evitar contacto próximo com pessas com infeção respiratória

  • Evitar tocar na cara com as mãos
  • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida
  • Evitar o contacto com animais selvagens ou de criação

_________________________________________________

[1] https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/community/guidance-business-response.html

[2] https://employsure.com.au/blog/workplace-hygiene/

White paper

Racionalize o seu portfólio de fornecedores

A Nossa Newsletter

Fique a par de todas as novidades